Este site está em novo endereço: visite www.liaamancio.com.br para novidades e updates!

sexta-feira, dezembro 07, 2001

ELVIS NÃO
Elvis não morreu.
* * *
Foi no SisterMoon, eu nunca tinha ido lá. A decoração 'Um Drink No Inferno' total, aquela jukebox com o melhor do Rock'n'roll (bicho, tem DEVO na Jukebox. Tem um drink chamado Devo lá. Aliás, a Pina Colada de lá é muuuuito foda), a comida mexicana, tudo, tudo fazia a composição perfeita pra um show do Elvis.
E eis que o Elvis adentra o recinto.
Cara, na real, são duas pessoas diferentes. Assim, normal (não, ele não é normal), ele tem a maior cara de (não. eu prometi pro Felipe que não contava pra ninguém o nome dele). Tipo, o cara é maluco, ele acha que é o Elvis.
Mas aí ele sobe no palco e.. PORRA. É o Elvis. Tipo, é o Elvis ali. O próprio. Desfiando seu repertório de sucessos, com direito a roupa de lantejoulas, beijos calorosos e echarpes jogadas para a platéia e.. A CARA do homem. Dança igual. Canta parecido. Muito bizarro. Fiquei boquiaberta. Agora eu sou uma mulher realizada. Eu vi um show do Elvis. E ele está alive and kicking no Rio de Janeiro. Viva Las Vegas.

Nenhum comentário:

Este site está em novo endereço: visite www.liaamancio.com.br para novidades e updates!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...