Este site está em novo endereço: visite www.liaamancio.com.br para novidades e updates!

terça-feira, dezembro 18, 2001

AY, CABRÓN!
É, num arresisti aos encantos da banda do filho do John Casablancas. Longe de serem "A Salvação do Roque", esses poseurs mod-junkies fazem um sonzinho gostoso como desde Iggy Pop não se ouvia. Culpa da vaca da Bel, que me emprestou o disco na ida pra Friburgo. Eu amo essa mulher :)
* * *
Y tu mama tambien. Altos filmes. Altos massa. Mas o curta-metragem não ajudou, numas de colocar um curta que tivesse a ver com o filme, eles exageraram e entregaram o ouro. Aliás, que curta merda. A única coisa que salva é ver o nome do grande mestre Afonso Brazza nos créditos.
* * *
/me berra 'Laaaast Niiiiite' aqui. Indie.
* * *
There's a monster in my pants
Cid, baterista dos Netunos, cita "monsters in the parasol", do Queens of the stone age. Paulo Torres, do fabuloso Meu Cérebro Dói, lembra de três grandes clássicos: "Berma Is A Monster", do Little Quail & The Mad Birds (Lia, se mata, você estava conversando com Gabriel na hora e nem lembrou), "Os Monstros", tema de abertura do seriado homônimo tocado pelo Ultraje a Rigor, e "Furry Happy Monsters", versão do próprio R.E.M. para "Shiny Happy People", tocada num programa dos Muppets.
Ainda há uma outra versão de 'She's Fallen In Love With a Monster Man', tocada pelas Undershakers. Como de praxe, só musicão. Não existe música ruim falando de monstros.. ou existe?

Nenhum comentário:

Este site está em novo endereço: visite www.liaamancio.com.br para novidades e updates!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...