Este site está em novo endereço: visite www.liaamancio.com.br para novidades e updates!

terça-feira, dezembro 04, 2001

Ó.
Eu vou rezar pra São Judas Tadeu, padroeiro das causas desesperadas (28/10). Pra São José de Cupertino, padroeiro dos estudantes em época de prova (pra dar uma sorte pros meus amigosh). E de quebra, descubro que tem santo pra TUDO.
* * *
Putz, nem contei, ontem na casa da mãe da Nat, ouvi algo de muito surreal, um cd da Florence Foster Jenkins. O nome? "The glory (?????) of human voice".
Imagina uma milionária na década de 40 que resolve achar que sabe cantar. Vocês não têm noção do que é a voz da mulher, é a coisa MAIS horrível do mundo. As definições por aí são as melhores:
Madame Jenkins' recital was the incredible climax of a bizarre career. For Madame Jenkins' shortcomings as an artiste were nothing short of awesome. A dumpy coloratura soprano, her voice was not even mediocre - it was preposterous! She clucked and squawked, trumpeted and quavered. She couldn't carry a tune. Her sense of rhythm was uncertain. In the treacherous upper registers, her voice often vanished into thin air, leaving an audience with its ear cocked for notes with which she might just as well have never taxed her throat. One critic dolefully described her as "the first lady of the sliding scale." Peevishly remarked another: "She sounds like a cuckoo in its cups."
Diz que depois de uma batida de táxi, ela pirou completamente e entrou numas de que alcançava um Fá altíssimo - que não, ela não alcançava.
Foram 30 anos se apresentando em público, e ela alcançou o respeito até de Enrico Caruso, muito provavelmente porque ela era uma pessoa incrível, cheia de garra, presidia organizações pró-música, além de corajosa - há relatos de apresentações de Mme. Jenkins onde a platéia ria de chorar o tempo inteiro - e aplaudia com muitos "Bravo! Bravo!", porque a coragem da mulher merece - e ela realmente acreditava que poderia se tornar uma diva. Ela era genuína, e sabia como ninguém divertir a audiência.
Repetindo, o nome dela é Florence Foster Jenkins. Por favor, tentem achar a mulher cantando uma ária de "A Flauta Mágica". É tudibom. Diversão garantida. Depois me escrevam contando.

Nenhum comentário:

Este site está em novo endereço: visite www.liaamancio.com.br para novidades e updates!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...