Este site está em novo endereço: visite www.liaamancio.com.br para novidades e updates!

segunda-feira, maio 06, 2002

"Esses romanos são uns neuróticos"
* * *
Aqui no prédio onde trabalho há uma loja de cds no térreo, e de tanto passar lá e encomendar cds, acabei ficando amiga dos caras. Não amiga de sair junto, mas amiga de ter a obrigação moral de dar um pulo lá quase todo dia e ficar um tempo conversando. É cada história digna daquele filme do Kevin Smith, 'Clerks'. Com a diferença que na Music Land os caras são inteligentes e têm assunto, hee.
Bem, e daí que ontem eu dormi pouco, fiquei horas pra esfriar a cabeça (é, eu poso de mulherão mas não passo de uma mulherzinha como qualquer outra, que ovula e tem hormônios que a tornam sensível), cheguei lá na loja e elaborei altas teorias sobre a relação Niterói-Lynyrd Skynyrd.
* * *
Pra quem não sabe, por algum motivo Niterói tem uma banda cover de Lynyrd Skynyrd chamada 'Ali na esquina'. Por algum motivo, niteroienses têm uma fixação estranha por Lynyrd Skynyrd, e se não gostam, pelo menos CONHECEM, já ouviram, já ouviram falar, e é algo que no Rio de Janeiro não acontece. Você fala "Lynyrd Skynyrd" e nego te olha com cara de interrogação. É curiosíssimo isso, é um fenômeno.
* * *
Niterói é uma cidade do Leste Fluminense que durante ANOS foi a capital do Estado da Guanabara, antes da fusão com o Estado do Rio de Janeiro, quando perdeu o posto de capital do Estado para a Cidade Maravilhosa. Niterói passou então a ser conhecida como 'Cidade Sorriso', porque quando perguntavam onde o niteroiense morava, ele abria um sorriso amarelo e sem graça e respondia "Niterói..". Niterói passou a ser apenas 'a cidade do lado do Rio de Janeiro'. A Ponte Presidente Costa e Silva, popularmente conhecida como Ponte Rio-Niterói, inaugurada em 1972 (acho), contribuiu para que a terra de Araribóia (a terra onde você vai à casa DE Isabel comer um ITALIANO, e isso não tem nada a ver com sexo e sim com um enroladinho de queijo e presunto que os cariocas chamam de JOELHO), bem, a terra DE Araribóia ficou cada vez mais conhecida como 'Cidade Dormitório', que se você não trabalha nem na UFF e nem na Prefeitura você vai acabar indo pro Rio todos os dias.
Ou seja, Niterói era uma cidadezinha de merda.
Foi então que um grupo político separatista liderou a Revolução dos Confederados da Guanabara. Primeiro, a revolução cultural. Tudo começou com uma rádio local que tocava Lynyrd Skynyrd e fez isso com os jovens da cidade - os mesmo jovens que elegeram o prefeito que só abdicou do cargo agora, dezesseis anos depois, para se candidatar a governador do Estado. O principal veículo de informação oficial da cidade, e veículo de apoio total e irrestrito às ações do futuro Governador, hoje, é controlado pelo mesmo líder revolucionário que, anos atrás, fundou aquela rádio que inseriu a cultura musical sulista norte-americana no imaginário do Niteroiense. Niterói, sob a gestão do ex-prefeito, virou não só um lugar legal para se viver, como também uma cidade SEPARATISTA. Niteroiense agora é bairrista, não sai de Niterói pra nada, não faz questão de visitar o Rio de Janeiro, acha que sua cidade é a melhor do mundo e principalmente, veste a bandeira Confederada, ainda que não assumida.
É por isso que 'Sweet Home Alabama' é hino lá na minha terra. É por isso que eu sou uma whiskey rock'n'roller', por isso peço gimme back my bullets. Entendeu?
Não?
Ok, eu só dormi 3 horas hoje, hahaha.

Nenhum comentário:

Este site está em novo endereço: visite www.liaamancio.com.br para novidades e updates!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...