Este site está em novo endereço: visite www.liaamancio.com.br para novidades e updates!

terça-feira, março 18, 2003

Nunca tive uma Barbie Face. Estou sublimando minhas frustrações com meus amigos. Inacreditável. Então passei na Contém 1g e não fiz a festa porque não tou podendo, mas bem comprei uns lancezinhos. Roxos. Roxo-beterraba, assim, bem "tendência outono/ inverno 2003".
Eu.não.era.assim.
* * *
St. Patrick's Day
Era 1996 e eu morava em algum lugar da Europa - que certamente não era a Irlanda; no entanto, os irlandeses na cidade estavam em polvorosa. Por deus, aquele clima de festa era contagiante. Colei um aplique de trevo de feltro na minha bolsa-carteiro xadrez, que veio (o aplique, não a bolsa) dentro da embalagem de uma coletânea de músicas irlandesas de um festival dedicado à produção musical do país - o festival era lá no Parc de La Villette, se não me engano - e neste dia devo ter saído com o Jonathan, meu amigo inglês que só este ano descobri que não recebeu minhas cartas porque escreveu seu sobrenome com um garrancho terrível e eu não soube escrever corretamente.
Então que o Jonty bebia cerveja e comia aqueles sanduíches turcos de carne no espeto e depois não sabe por que voltou para Doncaster às pressas com algo que parecia ser uma grande gastrite. Podia ser também o chá com leite, hábito que acabei trazendo ao Brasil. Mas, até onde sei, chá com leite não traz nenhum mal estar.
Ocorre que a tal coletânea de músicas irlandesas passava longe de U2 ou Enya: nem rock nem paganices-Mundo-verde, era folk irlandês, Riverdance, essas coisas boas de bater o pé, sabe? Pirei nesse tipo de som, nunca mais larguei, culpa de St. Patrick.
E pirei no Jonathan também, mas isso é outra história.
* * *
Isso tudo é pra dizer que sim, há uma relação antiga de amor com a cultura irlandesa.
Que sim, agora eu até bebo cerveja (ir num pub e não tomar cerveja é como.. como.. sei lá, mas não é moralmente aceitável).
Mas que, bem, eu não agüento mais o tranco. Ainda estou me recuperando de sábado, o corpo dói, o resfriado pensa em atacar - resultado, nem fui a pub nenhum. Idade? Responsabilidade? Preocupação com a saúde? ISSO me preocupa, e essa é a história da minha segunda-feira.
* * *
Are you talking to me? Are.. you.. talking.. to.. me??
Simplesmente não estou me reconhecendo.
Como assim, "não estou apaixonada por ninguém no momento"?
Há algo realmente estranho pairando no ar, e eu não faço idéia do que seja.

Nenhum comentário:

Este site está em novo endereço: visite www.liaamancio.com.br para novidades e updates!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...