Este site está em novo endereço: visite www.liaamancio.com.br para novidades e updates!

quarta-feira, outubro 23, 2002

Exercendo meu direito à la 1984 de apagar o passado.
:)

* * *
Já mencionei que meu pai, a mulher dele e minha irmã foram morar na França? Pois bem, estou mencionando. Elisa tem apenas 12 anos, e estava radiante porque tirou 16,5 na prova de gramática sobre Victor Hugo, foi a maior nota da turma, e francês nem é a língua pátria da petite pouce. Então ela me joga na cara que vai viajar e vai levar os deveres de casa junto, porque está estudando as teorias de Freud.
Gelei.
O que as crianças de doze anos estudam aqui? Estudei em uma das melhores escolas de Niterói e, sem desmerecer os livros que tive que ler para as aulas de português, há um grande abismo entre Victor Hugo e qualquer autor brasileiro que faça "literatura para pré adolescentes" - aqueles livrinhos sobre dilemas de primeiro beijo, turmas inseparáveis, aquelas coisas com as quais a gente se identifica aos 12 anos.. mas para chegarem aos pés do autor de "Notre Dame de Paris", ainda precisam escrever muito.
Tá, se eles têm seus expoentes da literatura local, nós temos os nossos. Habemos Jorge Amado no primeiro ano do segundo grau, habemos Machado de Assis no segundo, habemos revisão no terceiro. Mas como se explica que eles ensinam Freud para crianças de 12 anos e aqui não? Aliás, como se explica que aos 12 anos, quando uma criança deveria ter não estudos completos sobre psicanálise - que a Superinteressante provou estar defasada -, mas noções de algumas de suas idéias que vão te acompanhar pro resto da vida, a escola não se preocupe com isso, mas sim com noções ultrapassadas de Educação Moral e Cívica, OSPB e religião, que nas escolas nada mais é do que "aprender parábolas sobre Jesus", esquecendo que existem outras religiões muito mais filosóficas e abertas do que o Catolicismo.
Sabe, depois as pessoas se perguntam por que esse país não vai pra frente, porque as pessoas não sabem votar, não têm consciência crítica. É tudo uma questão de educação. E depois as pessoas ainda se perguntam por que eu quero ser professora de universidade.
A resposta? Pra ver se conserto alguns estragos feitos na tenra idade do aprendizado fácil.
É, eu sou idealista pra cacete.
* * *
Renata, fofa, vai dar tudo certo. [piada interna]A gente é escrota mas a gente é escrota com o coração.[/piada interna]

Nenhum comentário:

Este site está em novo endereço: visite www.liaamancio.com.br para novidades e updates!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...