Este site está em novo endereço: visite www.liaamancio.com.br para novidades e updates!

sábado, fevereiro 22, 2003

Yay, pessoas, obrigada pelos parabéns.
Eu sei que está em cima da hora, mas olha só, o Puebla é um lugar público. Não é restrito. Estarei lá, e nada impede que quem quiser ir apareça também. Ainda não tenho o poder de fechar lugares. Ok, só esclarecendo.
* * *
Sim.
Nessa época do ano, sempre me vem à cabeça "G.R.E.S.", do Pato Fu. "Eu não gosto dos G.R.E.S./ mas em fevereiro/ tenho que suportar os G.R.E.S./ no carnaval..."
Por incrível que pareça, os G.R.E.S. não têm me incomodado, e isso, por MAIS INCRÍVEL AINDA que possa parecer, me incomoda - não as escolas de samba, que até que tenho conseguido manter alguma distância (carnaval já é semana que vem e ainda não ouvi UM samba-enredo de 2003), mas essas manifestações locais, carnaval de rua, bandas de associação de bairro, essas coisas legais - criancinhas vestidas de baianinha, havaiana, comendo cachorro quente..
Meu parâmetro é a Rua Nóbrega, em Niterói. O carnaval da Nóbrega era tradicionalíssimo em Niterói - e morreu.
Não que tenha morrido totalmente. Mas hoje, passando pela Prado Junior e ouvindo um carro de som tocando "Aurora" ("se você fosse sincera/ ô ô ô ô/ Aurora/ Ai meu deus que bom que era.."), caiu a ficha - não existe mais música de carnaval. O que existe hoje é uma bateria ensurdecedora com uma letra por cima tipo "o esplendor.. ô ô - do índio do Brasil - e o ano dois mil? O ano dois mil, Cabral, olhaí Cabral! Cabral e o esplendor de sua nau! E a _insira nome da sua escola aqui_ na Sapucaí!", e essas marchinhas gostosas sumiram. Puf! Bailinho de criança que toca "Egüinha Pocotó".
Não existe mais aquele espírito de carnaval, de diversão - nego espera carnaval pra perder a linha, pra beijar o máximo que conseguir, bando de enrustidos que não têm coragem de perder a linha normalmente, num fim de semana normal, que precisam dessa desculpa "Carnaval pode".
Não existe mais carnaval pra família, e mesmo o desfile das Escolas de Samba é pra turista ver - mesmo, as escolas estão muito preocupadas com a vista aérea e a Riotur, com vender bons lugares para turistas.
Assim, complica.
Então, carnaval pra mim virou sinônimo de ler um bom livro e não ter que acordar às 6:45 durante 4 dias. Sem perder a linha - ou perder apenas a minha cota NORMAL. Sem samba-enredo. E, infelizmente, sem "Aurora".

Nenhum comentário:

Este site está em novo endereço: visite www.liaamancio.com.br para novidades e updates!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...