Este site está em novo endereço: visite www.liaamancio.com.br para novidades e updates!

domingo, junho 29, 2003

HULK ESMAGA
É, amigos, fui ver o filme do Verdão, e confesso que me surpreendi com os efeitos de animação do personagem, uma vez que eu já tinha visto o trailer e ficado horrorizada. Reza a lenda que o cgi do hulk sobreu realmente uma melhora di trailer para o filme, depois de meio mundo ter reclamado que o personagem soava falso demais. Mas acho que eles exageraram, o Hulk de computação gráfica é muito mais expressivo do que Eric Bana, o ator que interpreta, se é que podemos dizer assim, Bruce Banner.
O filme é divertido, sim, apesar da contradição absurda que é uma adaptação de HQ dirigida por Ang Lee - diretor conhecido por sua visão oriental/ filosófica/ takes longos de paisagens para meditar.
Em "Tempestade de Gelo", uma de suas primeiras incursões pelo ocidente - e onde dirigia o Pequeno Frodo Baggins -, Ang Lee estava onde queria, pois era um filme bastante introspectivo. "O Tigre e o Dragão", apesar das cenas de ação movimentadíssimas, não deixava de ser um filme oriental. Em "Hulk" ele fica confuso, e confunde a gente, e acha que adaptar HQ é apenas dividir a tela em quadros (recurso bastante usado no filme). Não é. Mas ei, ver a Jeniffer Connely na tela e ver os clássicos pulões do King Kong verde fazem você esquecer disso. Vai por mim. É divertido.
* * *
Quem mandou mal foi o Oingo Boingo Danny "Arroz de festa" Elfman que, responsável pela trilha incidental do filme, não colocou A Musiquinha Triste. Sacanagem.
* * *
ELA!!!!!! Estava prãticamiente morrrrrta!!!
Está rolando um Simpósio Internacional de Contadores de Histórias pela cidade - e a melhor atração é a Maratona de 24h no Sesc Copacabana (dura até hoje às 18h, mas creio que a Parada Gay tem mais cobertura da mídia). Apresentada pelo grupo Etc e Tal (uns caras divertidos que tinham a missão de não deixar ninguém dormir), são 24h ininterruptas de histórias de mercadores, histórias indígenas, histórias do cotidiano, histórias de mulher (a cargo do constrangedor O Grelo Falante), poesias narrativas e altamente referenciais (eu odeio poesia declamada, mas me rendi ao excelente Mano Melo), e é claro, histórias de terror contadas pela lenda viva José Mojica Marins, o Zé do Caixão.
Me incomodou um bocado apenas a reação de boa parte da platéia a seu jeito bastante, ahn, CARICATO de declamação -foram gargalhadas e mais gargalhadas. Raios duplos, eu estava ali pra reverenciar o mestre - que, com suas unhas gigantes, cartola e capa preta, contou várias histórias de tirar o sono.
* * *
E di grátis. Pena que pouca gente soube, se tivesse sido bem divulgado o Sesc estaria lotado. Mas eu tinha BoaS CompanhiaS - e finalmente provamos que eu e a Aline não somos a mesma pessoa! :)
* * *
Se o mundo fosse justo, certos filmes não existiriam.

sexta-feira, junho 27, 2003

Eu disse que estava redimida de escrever aqui, certo?
Menti pra mim mesma.. não resisti e TIVE QUE mandar mais uma edição dos Fabulosos Bookmarks da Tia Lia.
E o link toscaaaaaaço de hoje vai é este site completíssimo sobre a vida, a obra e a arte de Falcão!!!
Atenção para o puta trabalhinho de corno que o sujeito teve para digitar todas as letras do mestre e atenção também para o manifesto que, ao se utilizar de referências do manifesto que citei no post abaixo (leu? leu? cara, não é possível que só duas pessoas tenham tido a vontade de se manifestar, a favor ou contra um assunto tão sério! cês gostam é de ler abobrinha, eu sei ;) ), então, ao se utilizar das referências ao manifesto antropófago, prova que FALCÃO É UM GÊNIO DA RAÇA.
* * *
Mas amanhã eu prometo que não escrevo!! Prometo!

quinta-feira, junho 26, 2003

GAAAAHHH!!! Esse moleque é o cão!!!
* * *
Esse site é mesmo pra perder horas e horas lendo: Grudge Match é uma das coisas mais inúteis e mais divertidas com que me deparei nos últimos tempos de internet - e esse site é a reedição de uma das primeiras abobrinhas que recomendei em alguns anos de recomendações TOSCAS. São lutas imaginárias, com o vencedor por votação popular.. agora imagina.. uma luta. Turma do Scooby Doo versus Turma do Charlie Brown. Calvin versus Bart Simpson. Xena versus Conan. E por aí vai. Eu te mostro o caminho, o que você vai fazer em suas horas de ócio não é problema meu.
* * *
Texto longo.. tem certeza de que vai ler?
(acredito que o link acima e o texto abaixo me redimam de escrever por uns três dias.. vão comentando aí, vão..) ;)
Estava conversando com essa criatura fascinante sobre a péssima qualidade da literatura contemporânea, sobre como as leituras de hoje se assemelham a revistas e os parágrafos, a telegramas. A nivelação-por-baixo da qualidade dos impressos de hoje em dia, pressupondo o baixo nível cultural da maioria dos leitores (este é o meu país), faz com que qualquer obra escrita - seja ela um livro ou uma matéria num jornal - seja facilmente assimilada por uma criança de doze anos - quando o ideal seria que as pessoas que têm as referências literárias (e escrevem) se utilizassem delas para fazer com que os leitores procurassem enriquecer seus vocabulários ou cultivar o hábito da pesquisa.
* * *
Para piorar, temos a internet como difusor de informação - e nós (que escrevemos) nos acostumamos o desconforto das barras de rolagem rolando parágrafos longos, às péssimas conexões que nos obrigam a picar a informação em páginas menores e em parágrafos pequenos - sob pena de perder o leitor que zapeia de site em site (aliás, esses neologismos baseados em anglicismos originários das novas tecnologias são outor horror: quase sempre existe palavra melhor em português) em busca de informação fácil (se isso fosse um texto impresso, eu não colocaria esses três asteriscos de separação).
* * *
Essa nova linguagem vicia. Quem escreve se limita a períodos curtos e vocabulário limitado, e quem lê se sente mais confortável e 'desacostuma' a ler "livros de verdade", clássicos etc. - Repare que acabei de cometer alguns pecados. O Manifesto Antropófago de 1928 (Ano 374 da Deglutição do Bispo Sardinha, se bem me recordo) já fazia isso, é verdade, mas seus autores tinham contato com obras de real valor literário antes de quebrar as convenções de forma. Entenda que, para revolucionar, é preciso conhecer o que se vai mudar e saber por que está mudando. Me considero medíocre, não gosto de divulgar o que escrevo (e isso vai de contos a letras de música), porque meus padrões de exigência são altos - como achar que escrevi uma boa letra de música, com Brian Wilson soando ao fundo? Como gostar do meu conto mais recente com Edgar Allan Poe na mesa da sala? É por essas e outras que minha autocrítica me impede de passar da oitava página, sempre.
* * *
Isso para não falar sobre o conteúdo muitas vezes vazio, para consumo imediato e entretenimento sem precisar pensar. Ler um livro de terror e não ter medo de ir ao banheiro de madrugada, ler um livro que você não precise parar nem por dez minutos para refletir sobre nada.. me parece sem propósito. Mas não vou me ater a este tópico, senão lá se vai mais uma lauda e ninguém nunca mais volta aqui - e também porque sempre haverá um Neil Gaiman ou um Paul Auster para me deixar desconcertada a respeito da realidade estranha que vivo.
* * *
People are Strange
Sem link. Sem nomes. Porque manter a classe é fundamental
Vítima. Gente que se faz de vítima e mente deliberadamente me dá vontade de marcar a testa (não a minha, mas a dessas criaturas cínicas, mentirosas e que se fazem de vítima) com aqueles ferros de marcar boi, dizendo "bom senso: not found". "Elas me odeiam", "falo com todas normalmente".. isso. Posa de bonzinho mesmo, enquanto faz intriga barata pelas costas. O caminho é esse.
..eu já disse, e repito: se é que existe algo que se assemelha ao conceito do que dizem acreditar ser Deus, ele/ ela/ isso se encarrega de dar a cada um de nós, mortais, o que merecemos - o que me desobriga de qualquer ação (a não ser passar mal quando vejo essas demonstrações de imaturidade). Eu tou na minha. Quem está se queimando fazendo intriguinhas e mentindo deslavadamente pra agradar não sou eu.
* * *
Agora vamos falar de coisas legais, vamos? Já adotou um TamaGOTHi?

quarta-feira, junho 25, 2003

"I cant't surf!
I cant't surf!
I cant't surf!
And neither can you."
(aí entra uma guitarra safada)

Isso foi Reverend Horton Heat, num oferecimento Boneca, seu Blog do Coração.
* * *
Assim como o Surfista Prateado, outras pessoas HIRO das piadinhas de ontem.
Aliás, Norin Radd desenterrou uma das páginas mais clássicas da internet, que o Giglio já tinha passado há anos e volta e meia alguém lembra disso. É o seguinte, a tirinha enigmática do Garfield com a seguinte tag: "Isso explica o papel de parede".
Ajude os caras que fizeram a página a receberem e-mails relativos a isso até hoje.
* * *
Acho que já disse isso aqui, mas como retomei o assunto.. eu tenho um desgosto dessas pessoas que falam "Zona Sú".. "Rio Sú".. não sei por que, mas isso realmente me incomoda. Vocês meus 6 leitores não têm raivinha de nenhum vício de linguagem não?
* * *
O problema de ler sobre mitologia nórdica é que daqui a pouco vou começar a ouvir bandas de metal finlandesas.
Bem, Leningrad Cowboys eu já ouço, hah hah!
* * *
Cartucho Pai, um Toner. Cartucho mãe, um desses a cores para impressoras grandes. Os cartuchos filhos são daquelas impressoras caseiras de 180 reais. E aí temos a CARTRIDGE FAMILY.
* * *
Desculpem. É que essa noite eu realmente posso dizer que consegui dormir, então estou feliz.
A gente se contenta com tão pouco, né?

terça-feira, junho 24, 2003

Eu, pára-raio de maluco
Sabe aquelas pessoas que sentam do teu lado no ônibus, ou te param na rua com a frase "posso ter um minutinho da sua atenção?", ou ainda amigos, amigos de amigos e conhecidos, e à primeira vista você tem a nítida sensação de que não deveria dar trela - mas dá, e coisas surreais acabam acontecendo?
Não importa o grau de loucura, não importa o papo, eu sou aquela que ouve tudo - mas, mais do que isso, num universo de 43 sentados e 30 em pé, ou de uma multidão de passantes, eles me escolhem, para contar suas mazelas, para contar as MINHAS mazelas ou para simplesmente sorrir.. inacreditável.
* * *
Olha a coooobra! É mentiiiira!
Hoje é dia de São João!
* * *
Já viu alguém ficar parado ouvindo SKA?
Ok, se for aqueles skas mais antigos e mais calmos, tipo Desmond Dekker, ou lances mais dub, eu até entendo.. mas ficar parado ouvindo BAD MANNERS??? Impossível.
* * *
Peter Orlovsky à esquerda, Allen Ginsberg à direita, e eu aqui pensando por que é mesmo que eu não estava em Paris nos anos 50/60.. (foto retirada daqui)
* * *
"Google seletivo".. gostei!

segunda-feira, junho 23, 2003

Minha capacidade quase ilimitada de crença tem limite - sim, é lógico que já tentei, como meio mundo, botar um tarôzinho - mas, no geral, não acredito nas informações apresentadas por essa modalidade de jogatina.
Não acreditava. Até, é claro, me deparar com esse fabuloso Tarô dos anos 80.. tem como NÃO acreditar num tarô que coloca David Bowie como 'O Imperador", Marty McFly como "O Enforcado" e Elvis Costello como Rei de Espadas?
..e as cartas são lindas. A arte é fortemente inspirada em Dave McKean (embora seja necessário MUITO arroz-com-feijão pra chegar a Dave McKean.. mas é excelente mesmo assim!).
Banda foda do dia
Pavement, como citado ali em cima. Porque eu não consigo ouvir rockabilly/psycho o dia inteiro; e também porque o "Terror Twilight", que no começo achei que fosse um disco "mais ou menos", finalmente bateu como deveria. Não só por "Harness Your Hopes", mas agora pelo disco inteiro.
* * *
Indie é a mãe.. Mais uma vez. Agora em coro "eu não sou indie" ;)
* * *
O que leva um sujeito a analisar a DECORAÇÃO DE AMBIENTES de fotos pornô de quinta categoria? Bem, talvez porque seja tão ruim que, na boa, desvia a atenção do foco da foto. É divertido, vejam.
* * *
As novas MP3 da Reverb Brasil já estão no ar. Nesta semana, Super Stereo Surf, Orestes Prezza e Estrume'n'tal.. tá fazendo o que que ainda não pôs o endereço no bookmark? (até porque é no Terra, né? Então às vezes demora, não baixa, por isso voltem sempre até baixar.. é garantia de boa música. sempre)

sábado, junho 21, 2003

Quase uma profissional do ramo
Gostaria de participar à parca porém significativa audiência desde humilde weblog que, diferente da vez em que a TSUNAMI inundou metade da minha sala e passei o fim de semana inteiro às voltas com rodos, panos de chão e potinhos de anti-mofo, desta vez passei a tarde ouvindo pingos d'água que caíam direto no gavetão, e quando ouvi o GRANDE ICEBERG caindo na grade da prateleira da geladeira (e não no gavetão cheio d'água ou, pior, no aparador de vidro que causou A GRANDE CATÁSTROFE DO SÉCULO XXI da outra vez), apenas sorri sarcasticamente - e calmamente fui lá, tirei o GRANDE ICEBERG da geladeira, e voltei para minha vida normal.
* * *
Porque agora não há mais um grande bloco unificado de gelo no lugar do congelador, como um dia já houve.
Porque eu sou amadora, ainda, sim - mas agora nem tanto.
* * *
Estou amando. Amando meu lar, amando minhas horas de sono, que PODERIAM ser muitas, se eu quisesse, mas não quero parar, não topo ficar sem fazer nada. Decidi cuidar da casa, da saúde, da alimentação, decidi cuidar (por pouco tempo, eu sei, o ritmo alucinado de trabalho voltará em breve) das coisas que realmente importam.
* * *
Mas e aí?
Por falta de grana e/ou necessidade de dizer "Fui eu que fiz!!", de dispensar a sua energia em algo pessoal - o SEU lar, aquele que as pessoas imediatamente vão identificar como sendo "a sua cara" (e isso vale também para o seu quarto, que não é sua casa mas é seu espaço), tem esses sites aqui, ó:
- Creative Homemaking
- SoYouWanna.com - Decorate your apartment (cheaply)
- GetCrafty.com
Que facilitariam muito minha vida se eu os tivesse descoberto antes de me mudar - mas quem já veio aqui sabe que eu poderia escrever o meu próprio site de decoração. Fotos, em breve (sério, já estão dentro da máquina).

sexta-feira, junho 20, 2003

Errr... tou viva!
* * *
Tou viva e esse site da Pequeno Egito é um arraso!
* * *
Interessante... clicando ali em 'Ladies Only", tem CALCINHAS E MINIBLUSAS do MANOWAR!!!
* * *
Mark Mothersbaugh, Bob Motherbaugh, Gerald e Bob Casale, bateristas, ex bateristas, personagens de videoclipes, crianças nas capas dos discos, Booji Boy.. saiba quem é quem no DEVO (uma das melhores bandas do planeta).
* * *
FIQUEI BEGE!!
Você sabia que o universo é bege??

quinta-feira, junho 19, 2003

Jennifer Lopez mandou diminuir traseiro de sua "réplica" em museu de cera



Segundo a agência Reuters, a cantora Jennifer Lopez exigiu que os escultores do museu Madame Tussaud diminuíssem o tamanho do traseiro de sua réplica em cera. Parece que a cantora achou que a boneca, em escala humana, tinha ficado muito bunduda.

Mesmo contra a vontade dos escultores do museu, cerca de quatro quilos de cera tiveram de ser retirados dos quadris da réplica antes de ela ser exposta na filial de Nova York do museu inglês.

No estande em que a escultura em cera da cantora está exposta, os visitantes do Madame Tussaud pudem comparar seu traseiro com o da boneca, que também fica com as maçãs do rosto coradas quando alguém sussurra em seu ouvido.

segunda-feira, junho 16, 2003

O ócio criativo-gastronômico
A melhor coisa de ficar em casa é mesmo poder me dedicar à arte da culinária-solteira.. aquela que mistura tempero de miojo no arroz, ervilhas e compra uma saladinha no restaurante de comida-a-kilo do lado de casa pra fazer a decoração e dar o tom saudável da comida, a culinária simples e gostosinha, com sabor de eu-mesma-que-fiz.
Pra completar o clima de dona-de-casa-dos-2k, e como nada é perfeito, é lógico que só estou brincando de cozinheira porque estou de molho em casa esperando telefonema do provedor que, na hora em que eu mais preciso, me resolve dar pau no smtp - e não posso enviar e-mails.
* * *
São TANTAS as histórias de gente que não entende nada de microinformática, aquelas histórias clássicas da sujeita que, ao ser orientada a fechar a janela do programa, levanta e fecha a janela de casa.. ou daquela que ao ouvir "leve o mouse ao canto direito" passou o mouse na tela.. que o moço do provedor deve até se surpreender com alguém que não só detecta o problema como identifica onde é.
* * *
Leeeeeeembra daquele joguinho de escrever os nomes dos seus pretendentes, escrever várias profissões, número de filhos, escolher um número, eliminar as opções até descobrir o que você vai fazer quando crescer (eu seria jornalista e me casaria aos 23 anos com o André - ops, algo deu errado..)? Já tem versão online..
* * *
Não gaste dinheiro à toa!
Chega de escrever resenhas sem se preocupar em estragar o final do filme: este site já funciona como spoiler para você que não está nem aí para o final do filme, quer mais é ler mesmo como acaba porque não vai ver mesmo e tem raiva de quem viu.
Inútil? Não. Se você tira-onda-de-cinéfilo mas não tem tempo nem saco nem grana pra ir ao cinema, vale a pena ler o MoviePooper combinado com o Movie-a-minute - um te dá o resumo, o outro diz como termina.. não é.. LEGAL?
(Boneca também é utilidade pública - ou não)
* * *
Obra no andar de cima
Moço, vampará de tacar pedrinha na minha janela, vamos?

sábado, junho 14, 2003

"Sou um homem vítima das paixões, sujeito a fazer coisas mais ou menos insensatas". (Vincent Van Gogh, em carta para seu irmão Theo)

Aliás, de fato tirei essa citação de "Cartas a Theo", livro que li há cerca de nove anos.
É impressionante como essa frase nunca me saiu da cabeça.
Bem, tudo bem que eu sou intensa.. mas não cortaria minha orelha fora, não senhor.
* * *
Porque raios alguém cria uma obsessão por figuras de olhos grandes? Como aqueles desenhos de cachorrinhos tristes ou aquelas meninas de olhão que parecem mortas, sabem? Não, não é estética de mangá.. é pior. É kitsch mesmo. Visitem este site para saber do que estou falando.
* * *
Que sábado estranho.. que sábado estranho.

sexta-feira, junho 13, 2003

Feliz dia de Santo Antônio pra quem precisa!
(eu incluída)
* * *
Sexta-Feira 13
Começaremos com o "azar" do número 13: a crença medieval de que "a culpa é das mulheres" (que, aliás, existe até hoje em ordens religiosas que acreditam piamente na associação "mulher = tentação = coisa errada") fez com que os meses do ano caíssem de 13 para 12 (sim, o calendário já foi regido pelo ciclo lunar). O problema é que as mulheres continuaram tendo 13 ciclos (como a Lua, o que corrobora a tese de que nosso corpo é SIM regido pelos astros, e embora eu negue o "esoterismo barato" até a morte, a física pode comprovar fatos como a atração das marés pela lua - e uma vez que nosso corpo é quase 70% líquido, faz sentido falar de ciclos, assim como de ruídos na comunicação causados por esse ou outro satélite/ corpo celeste cruzando nosso caminho).
É claro que há também o mito egípcio de que a escada para a vida eterna teria 12 degraus e que o décimo terceiro simbolizaria a morte depois da vida eterna, e também há o mito cristão dos 13 na última ceia. Mas eu, paranóica que sou, prefiro associar o "azar" da 6a Feira 13 a mais uma forma do macho medieval culpar as mulheres por tudo o que há de errado no mundo, porque além de 13 ser um número "lunar" (logo, essencialmente feminino), "Friday" vem de "Frida", que seria a equivalente nórdica de Vênus.. e - olha só que curioso - antigamente "Saturday", o dia de Saturno, era o dia de descanso.. porque Saturno havia passado o dia anterior com a deusa do amor.
Isso, claro, não passa de um mito anglo-saxão (os nomes *originais* estão em inglês). Mas não custa escrever aqui, afinal Boneca também é cultura (inútil, mas não deixa de ser).
* * *
Então, meninas, tirem o dia de hoje para comemorar.. e, é claro, pra orar para Santo Antônio!
* * *
Música do dia: "Dazzle", Siouxsie And The Banshees.

quinta-feira, junho 12, 2003

Filhosdapuuuuuuuta:
PISCES (Feb 19–Mar 19): Your desires now can be the source of confusion. You are attracted to someone or something that may not lead to the most sensible course of action. Yet, you feel alive when you think about following your heart. Hopefully, the more you think about it, the more you realize that this will not add any stability to your current situation. But, then again, it could be fun.
* * *
Tosqueira do dia
Liguem o som: Moo-ooo! I'm a cow!
Bi-zar-rô!
* * *
Pet Sounds
É, meu amigo.. nem todo mundo entende *O* disco. Entendo que é uma questão que ultrapassa o "gostar ou não gostar" - ou é apenas mais um disco de uma "bandinha anos 60", ou é algo que te fala direto ao coração, diz o que você não soube dizer - com letras e arranjos que você não faria mas sim, queria muito ter feito. É aquele disco cujas letras (todas) servem para expressar algo em dado momento da vida. Mas entendo que isso não acontece com todo mundo, não é todo mundo que sente "Pet Sounds" como se fosse seu.
* * *
Dia dos namorados...
...serve pra lembrar que amanhã, dia 13 de junho, é dia de Santo Antônio.
* * *
Coisas que eu não sabia que tinha:
Björk aos 11 anos cantando "Alfur Ut Ur Hol", que nada mais é do que "The Fool On The Hill" traduzido para o islandês.
Aliás, que disco lindo, hein? Nossa senhora da bela voz, essa menina recebeu uma bênção.. saca só a pinta da guria na capa do disco..
(e antes que o Marcelo reclame da falta de créditos, quem me passou isso foi o Marcelo.. ok?)

quarta-feira, junho 11, 2003

ALELUIA, IRMÃOS!!!
Consegui! Estou baixando Psycho Beach Party, o FILMAÇO que passou em sessão única de meia noite do Festival BR há uns três anos atrás, para meia dúzia de pessoas, e para nunca mais. O grande clássico do sarcasmo, filme capaz de esculachar filmes B, filmes de praia dos anos 60 e ainda soar atual. Capaz de fazer rir, capaz de me fazer identificar com o filme, com direito a Los Straitjackets e Man.. Or AstroMan? na trilha sonora.

E agora consegui baixar metade do filme. E é minha missão divulgá-lo adiante.
Não posso cantar vitória ainda, pois ainda estou em 50% do download. Mas já posso sonhar com mais um culto criado nos meios nerd/ alternativos/ rock da cidade.
* * *
Flaming Lips tocando cover de "Talk Dirty To Me", do Poison? Coisas que eu tinha e não sabia.

terça-feira, junho 10, 2003

Loooove.. love will tear us apart.. again
Ontem fui finalmente ver "A Festa Nunca Termina" ("24 Hour Party People"/"Madchester"). Apesar da infeliz tradução do título, o documentário-ficção sobre a cena de Manchester do fim dos anos 70 - época de Sex Pistols e Buzzcocks - até meados da década de 80 é FODA, amigos. Excelente.
O filme é narrado por Tony Wilson (Steve Coogan), apresentador de um programa de tevê local, diretor da Factory Records (selo que lançou Joy Division, Happy Mondays e New Order) e dono do Hacienda, club de Manchester onde as bandas da Factory se apresentavam e berço da cultura rave. Wilson realmente existiu, e é retratado como um cara excêntrico e enciclopédia ambulante. Aliás, o próprio faz uma ponta como editor do programa de tevê - e outras pontas ilustres de gente que ESTEVE LÁ dão o tom do filme, junto com os efeitos especiais bizarros, as imagens de arquivo, os atores excelentes (Ian Curtis e Shaun Ryder estão perfeitos. Perfeitos) e, é claro, a trilha sonora de primeira.
Preste atenção em:
- Shirley Henderson, mais uma vez perfeita - dessa vez no papel de Lindsay, primeira mulher de Tony Wilson. Henderson, para quem não sabe, estava maravilhosa em "Topsy Turvy", "O Diário de Bridget Jones", e irreconhecível como A Murta Que Geme, no 2° filme da série "Harry Potter".
- Toda cena tem seus figuraças. John The Postman é o equivalente deles a várias figuras que brotam nos shows e roubam a cena.. uma espécie de cruza entre o Joe (figuraça que habitava os arredores da ECO-UFRJ), e o Adriano (que dispensa apresentações), se é que tal mistura pode existir.
* * *
Foda é admitir que Joy Division é FODA. Não vou dar o braço a torcer. Não vou. Nãããoooo adianta. Coisa de gródigo. Não.... ;)

sábado, junho 07, 2003

Finalmente consegui ver o carro-lenda desta cidade: o tao famoso fusca rosa com estofado de oncinha. Estacionado em Copacabana, achei a principio que fosse uma visao proporcionada pelo horario avançado. No entanto, testemunhas nao me deixam mentir: ele estava la. E sera meu.
* * *
Sobre ontem à noite
Em uma palavra, Glamourama.
* * *
The Langley Schools Music Project
Procurando por "Beach Boys Covers", me deparei com um disco de trazer lagrimas aos olhos de qualquer coraçao-de-pedra (e eu, que ja sou um poço de sensibilidade mesmo, quase morro).
"Innocence and despair" (o titulo ja diz TUDO) sao gravacoes do coral infantil da escola canadense, feitas entre 1976 e 1977 - e o repertorio e´ de cortar o coraçao - se "Good Vibrations", "God Only Knows", "You're So Good To Me", "Space Oddity" e "Calling Occupants Of Interplanetary Craft" já soam de uma melancolia bela e angustiante ao mesmo tempo com seus interpretes originais, imagine com 60 crianças - em interpretaçoes sinceras e pungentes - voce imagina o que se passa na cabeça de uma criança que GOSTA de "Space Oddity"? Eu nao consigo.
So´consigo chorar, por deus, isso e´ bonito pacas.

sexta-feira, junho 06, 2003

Iscuita, eu nao pedi pra mudar o Boneca pro Blogger New e nao gosto nem um pouco de escrever sem acentos.. argh. Entoa, amigos, vou tentar acentuar essa bagaça (a cedilha e o agudo funcionam) e jah volto, oke?
* * *

Esse eh meu post de hoje.
Assunto pra comentar nao falta, heh.

quinta-feira, junho 05, 2003


Mas quando é que eu vou tomar vergonha na cara e gravar a trilha sonora de "The Rocky Horror Picture Show" pra ouvir no trabalho, hein?
* * *
His name was Barry, he has a broken nose.
* * *
Bad Lia, baaaad Lia!!
Então ocorre que falei aos quatro ventos da Maratona Particular Monty Python no Meu Micro ("O Sentido da Vida", "A Vida de Brian" e "O Cálice Sagrado").. mas COMO EU FUI ME ESQUECER DE "JABBERWOCKY"??
"Jabberwocky" é o grande clássico subestimado do Monty Python.. e minha missão agora é consegui-lo.
Desejem-me sorte, amigos. Ninguém tem esse filme.
* * *
E ah, sim.
Preciso de sorte em outras áreas também.. porque correr atrás é o que mais tenho feito, mas estou vendo que ser competente, bem informada e ter um bom currículo não adianta nada, viu?
:(

terça-feira, junho 03, 2003

Vício Maldito
Você sabe que é uma merda. Sabe que faz mal, mas está lá, sustentando seu vício. Você sabe que não devia, que devia pelo menos averiguar a qualidade do produto antes de usar, para não se dar mal. Mas é seu vício. E um dos meus é a arte de Alex Ross.
Pra mim, tudo começou com "Marvels", aquela hq que mostrava os personagens do estúdio como pessoas com sentimentos. A semelhança dos sobre-humanos com os humanos era reforçada nas pinturas fenomenais do desenhista. As referências pop estavam todas lá, discos que eu ouvia transformados em posters nas ruas que os heróis defendiam.. Björk havia se transformado em passante.. tudo lá. E a arte de Alex Ross.

Depois veio "Reino do Amanhã" ("Kingdom Come"), e não consegui mais parar.. até "Astro City". A capa me chamou a atenção imediatamente, e me fez levar para casa a edição encadernada da pequena série de histórias sobre super-heróis fictícios lutando por sua sobrevivência numa cidade onde ser super-herói é normal, ser super-herói não anula o fato de que você precisa trabalhar para sobreviver e.. a premissa é ótima, mas as histórias são ruins.
Ross não teve nada a ver com isso, eu sei. Então.. err.. comprei essa edição de "Liga da Justiça da América - Origens Secretas". São pequenos esquetes falando um pouco sobre cada um dos meus heróis - a Liga da Justiça "Clássica", aqueles do desenho ("enquanto isso, na sala de Justiça.."), meu deus, até o Homem-Elástico está lá..
Emocionei, embora não tenha absolutamente nada para ler, apenas para apreciar o visual. E que visual. Alex Ross é onde a História em Quadrinhos deixa de ser História ou Quadrinhos e se torna arte.
* * *
É dureza para uma mulher de 25 anos que trabalha, mora sozinha e está em busca de reconhecimento profissional admitir que é fã de quadrinhos de heróis. Ou, pior, de mangás chulos para crianças toscas (me refiro a Dr. Slump). Ou ainda de quadrinhos da década de 50 ("Ferdinando" - cliquem nos links pra saber a gravidade da minha situação). Mas é a mais pura verdade.. entendam.

domingo, junho 01, 2003

Mas o sujeito que faz as entregas do China in Box não é os córnios do Kamen Rider? Repara só no capacete! É igual!

Pelo estabelecimento onde ele trabalha, o melhor nome deveria ser Ramen Rider!
* * *
E sexta feira teve Netunos na London Burning. Mais uma vez, os meninos fizeram um showzaço supimpa, com direito a abrir com "Ondas Noturnas", e com arranjo novo!
Emocionei. Realmente, não poderia ter perdido este show de estréia oficial do clipe de "Bem Vindo Ao Clube", dirigido, montado e animado pelo Sérgio Yamasaki, que não lembra que me conheceu no BG há uns dois anos atrás.. e que às vezes me assustava, tamanha a semelhança física com o Hiro, só que de óculos!
* * *
E você, já pediu "Bem Vindo Ao Clube" hoje?
* * *
É impressionante como um abraço e um "Aloha" fazem a gente se sentir bem!
* * *
Então a empresa onde você trabalha tem aquelas reuniões com o departamento de RH, onde eles fazem dinâmicas de grupo com frases altamente motivadoras, retiradas de livros de auto-ajuda ou spams *lindos de morrer* da internet? E você? Se sente mais feliz, acha que sua GARRA pra encarar mais uma semana de trabalho aumentou?
Não?
Então estes posters do despair.com são para você!
* * *
E eu resisto? Não, não resisto. Amigos, este é o meu Fotolog.
Este site está em novo endereço: visite www.liaamancio.com.br para novidades e updates!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...