Este site está em novo endereço: visite www.liaamancio.com.br para novidades e updates!

segunda-feira, fevereiro 28, 2011

Hello, my baby! Hello, my honey...

Este blog tem dez anos de idade. Juro. Mas como mudei de endereço várias vezes (e em algumas delas acabei perdendo os arquivos), dificilmente vocês, que estão lendo este post, acompanham isso aqui desde o início. A verdade é que eu era especializada em falar abobrinha, curiosidades sobre desenhos animados, tosqueiras da internet e afins. Sempre tinha um comercial japonês, um rockstar que, por acaso, foi visto nos créditos de algum desenho animado bacana, um clipe bizarro, uma notícia nerd. Hoje, o tempo está um pouco mais escasso do que há anos atrás - trabalho full time, e agora tem a dedicação à cara-metade (que é um prazer, aliás!) e alguma dedicação a atividades físicas, porque o metabolismo depois dos trinta já não é o mesmo. E tem os projetos para o futuro, que precisam ser plantados agora. Ou seja, complica marcar presença todo santo dia.

Ultimamente, tenho escrito algumas coisas interessantes sobre a matemática das vendas de música digital, crowdfunding para projetos criativos e sobre quem paga a conta do conteúdo grátis.

Mas eu sei que vocês vêm aqui porque querem ver a gente tocando clássicos da minha, da sua, da nossa infância no ukulele. Se você lembra do desenho do sapo que cantava (ou se vocês lembram do alien em 'Spaceballs' - valeu, BoiMarinho!), é capaz de curtir isso aqui:


http://www.youtube.com/watch?v=JevYkVxsMwQ

Mamãe já aprovou. Falta você.

sexta-feira, fevereiro 25, 2011

Aceita um conselho?

Se conselho fosse bom, ninguém dava: vendia. O ditado é popular e tem lá seu fundo de verdade, mas ainda assim, o mundo está cheio de conselhos. Alguns úteis, outros nem tanto. Eu mesma dei uns três conselhos pro maridão em apenas uma frase (e ele rejeitou justamente o do 'beber mais água', que é o tipo de conselho que realmente funciona). Dei conselho prum povo que veio apresentar um projeto. Recebi conselho da tia dona do restaurante a quilo onde almocei hoje. Alguns conselhos você pediu, mas a verdade é que boa parte deles vêm de lugares inusitados como sachês de açúcar, adesivos em carros... só nos últimos 40 minutos, vi três aproveitáveis e um que... bem, vamos a eles:

Diga mais palavras doces
Esse estava no calendário da lojinha de produtos naturais. Achei justo. O problema é que se eu for mais simpática com as pessoas, viro uma dessas pessoas insuportavelmente fofas e doces, dessas que você, pessoa normal, acha tão irritantes quanto um poodle cor-de-rosa histérico querendo amor e carinho. De qualquer forma, em casa não pretendo economizar palavras doces. Nem na hora de ligar pra minha madrinha parabenizando-a por seu aniversário.

Can't find a dream job? Create your own!
Esse tava aqui, no Zen Habits. O problema é que o dream job paga bem, e como ganhar bem hoje em dia? Preciso criar algo realmente genial. O conselho é válido, de qualquer forma.


This too shall pass
Rolou numa lista de e-mails, amiga passando por momentos complicados e a galera dando uma força amiga. Lembre-se: isso também vai passar (como tudo o que passou já passou, se você não é um neurótico completo que guarda tudo, mágoas e rancores principalmente). Aí tem essa música gracinha do Ok Go. Aí resolvi compartilhar aqui com vocês porque eu sou legal:



http://www.youtube.com/watch?v=qybUFnY7Y8w

Vai Paulinho!
Não sei quem é Paulinho. Quer dizer, conheço alguns Paulos, chamo de Paulinho apenas um tio, mas isso aí tava num daqueles adesivos de carro com as letras recortadas, ocupando toda a largura do para brisa traseiro. Substitua 'Paulinho' pelo seu nome e você tem um conselho (só não se esqueça da vírgula que, óbvio, o adesivo não tinha).

Vai, [leitor de Lounge]! Crie seu dream job! Diga mais palavras doces! Essa fase é passageira! Não ajudou? Ainda quer pedir um conselho? Use os comentários ou o formspring que Tia Lia Responde!

quinta-feira, fevereiro 24, 2011

Novidades da Toy Fair 2011: bonequinhos Marvel

Aimeudeus.

Quero esse Thorzinho. E o Lokizinho. E esse Homem-de-ferrozinho. Ah, quer saber? Quero todos. Nhom.


Imagem daqui, espero que sejam legais e não impliquem com a reprodução.

terça-feira, fevereiro 22, 2011

teste

DEBBEKB9ANPG

ops! teste!

Hit da semana: necessário, somente o necessário

Necessário, somente o necessário... porque o extraordinário é demais.

Quem sabe, canta com a gente:


http://www.youtube.com/watch?v=kb04WSX9Y6c

Cid Mesquita no ukulele, Godinho Oras no baixo e eu na vergonha alheia. Tem tudo pra ser o hit da semana.

domingo, fevereiro 20, 2011

¡Dale! (quadrinhos argentinos)

Só conheci o trabalho de Gustavo Sala no início deste ano, quando comprei a revista/livrinho de HQs divertidas Bife Angosto em Buenos Aires (maridão não pode ver uma loja de quadrinhos que entra, ao ponto de fazer uma loja abrir só pra comprar o volumão de Boogie el Aceitoso. Como eu também curto, acabamos nos refestelando nas HQs porteñas. Ainda me arrependo de não ter trazido 'Toda Mafalda', já esgotado por aqui).

Voltando à obra de Gustavo Sala, até agora não consigo parar de rir disso aqui:
(acho que você terá que clicar na imagem se quiser ver maior)


Curti o traço, curti as grosserias, curti os temas e as referências. O cara é bom. Faça um favor a si mesmo, vá ao site de Gustavo Sala e assine o feed porque o sujeito tem cada tira ótima. Vale a pena.

quarta-feira, fevereiro 16, 2011

E 'Black Swan', hein?

No âmbito da Maratona Oscar 2011, vimos 'Cisne Negro' ('Black Swan'). Gostei. Bom filme. Tenso pacas. Natalie Portman está ótima.

...



Mas aí eu pensei um pouco. Pensei em quão óbvio é o recurso de recontar uma história dentro de outra (o paralelo entre a história de 'O lago dos cisnes' e a história da protagonista'), pensei (durante o filme) que uma história soturna daquelas só poderia ter um desfecho, não me surpreendi com o desfecho (e, pior, lembrei na hora de 'O lutador' - porra, Darren Aronofsky! Fazendo o mesmo filme?), me liguei que Natalie Portman só se transforma MESMO quando está caracterizada como o Cisne Negro, ou seja, mérito da equipe caracterização, e não necessariamente da atriz que fez 'V de Vingança' (não assisti, mas vi o trailer) usando recursos da escola de dramaturgia Hayden Christensen (foi pro lado negro? Aperta os olhinhos! Voltou ao normal? Volte o rosto ao normal!).

Aí agora não sei mais o que achei de 'Black Swan'. Sério.

E você? Viu? O que achou? Não é horrível ter um par de neurônios funcionando? É mesmo necessário ficar analisando criticamente? Não era muito mais legal simplesmente chegar lá e curtir o filme?

terça-feira, fevereiro 15, 2011

Fama e fortuna com um ukulele na mão

Então que uns quatro dias depois de postarmos nosso vídeo tocando o tema de abertura de 'The Big Bang Theory', do Barenaked Ladies, já tínhamos uns 800 views! Agora só falta ganhar dinheiro com isso, mas peraí... de onde veio essa gente toda?

Procura daqui, pesquisa de lá, descobrimos que os acessos vinham bastante da França... e que fomos parar em um dos nossos blogs favoritos de tabs de ukulele!

Segue o link, já que também serve para você que tem guitarra ou violão!

http://www.ukulele-blog.com/2011/02/tablature-the-big-bang-theory/

Merci, Sylvain!

segunda-feira, fevereiro 14, 2011

A teoria do Big Bang

A TV a cabo demorou anos para chegar em Niterói. Tudo o que eu sabia de tv não-aberta era via UHF, e mesmo assim a recepção lá em casa não era muito boa. Um amigo gravava uns programas do Eurochannel ou uns desenhos animados, e era assim que eu tinha acesso à tv não-aberta. Vale lembrar que até o final dos anos 90, início dos anos 2000, a internet não era esse grande repositório de conteúdo multimídia. Vídeo era só por real player, e olhe lá.

Então não criei o hábito de acompanhar séries de tv.

Quando mudei pro Rio e instalei a Net, peguei um pacote básico porque faço parte do proletariado. Sony, Warner, HBO? Pfff. Lá em casa é Universal Channel e olhe lá. Então passei a acompanhar apenas "Monk" e "House". E olhe lá. Virei uma pária da sociedade (talvez eu me orgulhe disso, mas isso é assunto para outro post).

Aí os horários de trabalho começaram a ficar mais e mais aleatórios. Aí o tempo começou a ficar um tanto escasso, dividido entre trabalho e estudos. Aí comecei a ver os episódios de 'House' pelo Hulu (sim, é possível), mas como namorado estava uma temporada atrasado, acabei desistindo. Aí Cid começou a me mostrar 'Family Guy' e comecei a achar 'Family Guy' o melhor desenho do mundo, parei de achar graça em 'Simpsons', toda aquela coisa. Mas aí já tínhamos visto tudo e nosso site preferido de, errr, transmissão de dados... nosso site preferido entrou de férias.

* * *

Ok. A resposta para a vida, o universo e tudo o mais é 42. Mas também pode ser que tudo tenha começado com o big bang, aquela famosa teoria que prega que tudo começou de uma partícula que expandiu até o que conhecemos hoje como universo - e continua expandindo, aliás. Ou então foi Deus. O universo conspirando ou apenas uma feliz coincidência, foi exatamente durante o hiato de 'Family Guy' que um amigo de Cid gravou a primeira temporada de 'The Big Bang Theory'. Vamos chamar de isso de sincronicidade.

* * *

Aqui, uma pausa para explicação: se você não conhece 'The Big Bang Theory', pense em quatro ultimate nerds (3 cientistas, um engenheiro; os 4 fanboys; um judeu, um indiano; um completamente obsessivo compulsivo e que ainda por cima tem delírios de grandeza; os 4 losers com problemas sérios para arrumar mulher). E uma vizinha gostosona e... não, burra não. Penny é uma mulher comum, que só se envolve com caras que não querem nada com ela. Já viu esse filme?

* * *

Existem séries e séries. 'Seinfeld', por exemplo, não me produz nenhuma emoção, a não ser indiferença. E entendo que tenha gente que ache o máximo (brinks. entendo não). Mas entendo que piadas sobre efeito doppler, Liga da Justiça, pessoas altamente sistemáticas, pessoas que gostam de assuntos que ninguém fora de seu nicho entende... bem, essas me pegaram de jeito. Você, que não se considera nerd mas é meio outsider cultural pode gostar. Nós gostamos tanto que vimos as três temporadas e meia em menos de um mês. Gostamos tanto que até rendemos uma singela homenagem:




* * *

E você? Tem alguma série que tenha começado a acompanhar tardiamente? Algum prazer nerd que você saboreia escondido? Curtes 'Big Bang Theory'? Acha que Sheldon vai praticar o coito com Amy Farrah Fowler um dia? Sabia que a atriz que faz Amy Farrah Fowler TEM MESMO phd em neurociência?

sexta-feira, fevereiro 11, 2011

Os cinco leitores mais ou menos assíduos de Lounge

Taí. Algo de estranho no reino fofinho de Lounge: meus leitores assíduos são tudo cueca. Eu chego aqui, abro meu coração sobre as agruras da vida da mulher moderna que pinta as paredes de casa de cor-de-rosa, faço bordados, coloco links de indie-fofinho e quem liga? Luiz Alberto, Paulo Torres (Paulo, 'Meu cérebro dói' foi pra algum lugar com o fim do Geocities?), 90, Marcos Faria e Cid, meu amado Cid. Que só lê porque é meu namorado. Marido. Namorado. Marido. Cid, atende aí.

(disclaimer: juntei escovas de dente com o roteirista do grande clássico Kaiju Eiga. e ainda toca um ukulele ishperto! isso é para tirar onda por toda a vida)

Há uma explicação: eu era aquela amiga que jogava RPG. Que não se incomoda tanto assim com papo sobre putaria. A namorada que não apenas não se incomoda que o cara leia a Sexy, como ainda comenta que "porra! Fulana tá com uma pata de camelo que benzadeus, hein?". Que ouve - e comenta - punk rock, psychobilly e cinema estranho e animação. Que nunca teve problemas em conversar com os rapazes como se fosse um deles (até porque eu trabalhava com um monte deles, não tinha alternativa).

Aí quando resolvo falar de coisinhas fofas, cor-de-rosa e ultrakawaii, o que acontece?

...


...

Criiii... criiii... criiii...

Nada. Nenhum comentário. Mulherada tá toda passeando em sitezinho de esmalte, cobertura do SPFW, novidades da MAC (ok, a linha da Mulher Maravilha, em parceria com a DC comics, é altamente desejável! Eu quero!), looks duvidosos fotografados na rua que só ficam bem em senhoritas desprovidas de bunda. Aí complica.

* * *

Tou ligada que, com vocês, nem adianta resenhar 'Cisne Negro': quem precisa de Darren Aronofsky fazendo filme sobre balé clássico quando o filme anterior era sobre wrestling? Mas aí vocês me quebram, né? Ando numa vibe desenho animado. Ando apaixonadinha por um certo lagartófilo que se veste à la Hunter S. Thompson. Então fiquem com o trailer de 'Rango', que estreia na sexta (de carnaval!) e eu *preciso* ver:



http://www.youtube.com/watch?v=YQhH7ER9i1I

* * *

E mais: mulher pelada, esportes radicais e cerveja pra vocês, hein?

* * *

É, eu acho que sou muito mais legal quando não escrevo coisas de afrescalhada. A conferir.

terça-feira, fevereiro 08, 2011

Steven Seagal, tex mex no RJ e dicas para seu negócio

Ainda sobre o post anterior, sobre as cinco notícias que não vão mudar a vida de ninguém: na verdade, posso não me ligar em lutas, mas me ligo bastante em cultura pop. E mesmo não acompanhando o UFC e não tendo o menor apreço por violência física, não tem como não comentar: grande Steven "Força em alerta" Seagal, hã?

* * *

Alguém chegou aqui procurando por "aniversário em bares" + "rio de janeiro". Também passo por esse dilema, meu aniversário é dia 21/02.

A diferença é que, normalmente, não tenho dúvida alguma: acabo arrastando o povo para o Puebla Café, na Cobal do Humaitá, um tex-mex honesto com mojitos excelentes, uma taco salad espetacular e tocado pelo Angelo, uma das figuras mais queridas do Rio de Janeiro.

Ainda na praia tex-mex, o Clandestino, em Copacabana, expandiu e adotou um cardapiozão de tirar o chapéu, com preços honestíssimos também. Tá valendo.

* * *

Recomendaria o Big Kahuna Tiki Bar, mas este fechou rápido. Uma pena. Frequentadores especulam sobre motivos em potencial para o fechamento do bar. São eles:

- a falta de estrutura de cozinha: sem comida, enfraquece o consumo de álcool, ainda mais se o cardápio é basicamente álcool pesado, tipo rum. Faltava um sanduíche, uma batatinha frita, alguma coisa pra forrar o estômago e o álcool bater melhor;
- excesso de informação não solicitada sobre a cultura tiki: tudo bem que era um bar diferente, mas plaquinhas e folders para quem quisesse saber mais explicariam muito melhor do que a aula de 20 minutos dada pelo barman. E quem já conhece a cultura tiki ganharia mais vinte minutos pra beber;
- o ponto, escondido demais (nos fundos de uma loja que já é numa rua de pouca circulação. Nada que falasse do bar do lado de fora, que atraísse o passante incauto para o bar se você já não fosse atraído normalmente pelo visual da loja).

* * *

Vai abrir um negócio?

Que tal...

- Estudar a demanda
- Levantar quem são seus principais concorrentes
- Criar um diferencial competitivo para o seu negócio (preço? especialização em algum segmento ou nicho? sei lá!)
- Já pensar em como você vai atrair seu público
- Já pensar em como você vai RETER seu público
- De quanto dinheiro você precisa por um mês, incluindo gastos administrativos, comunicação, marketing, insumos, etc?
- E pra seis meses?
- E pra um ano?
- Quantas unidades de [produto ou serviço] você precisa vender por mês pra cobrir o valor gasto e, eventualmente, dar lucro?
- Quantas pessoas cabem no lugar? Se a lotação for de 20%, você cobre os gastos?
- De onde vai sair o dinheiro?

O Sebrae tem uns cursos ótimos sobre contabilidade, planejamento financeiro, etc - e está presente em vários estados. O Rio Criativo é um programa de incubadoras de empresas da indústria criativa no Rio de Janeiro - e mesmo que seu negócio seja de outra indústria, no site e na lista de discussão tem uns materiais ótimos - planilhas, modelos de planos de negócios e congêneres. Assim, você diminui a possibilidade de falir cedo. Vai por mim.

* * *

...e se precisar de consultoria em comunicação, me chama.

segunda-feira, fevereiro 07, 2011

Cinco notícias que não vão mudar a sua vida

Cinco notícias super comentadas essa semana, que na verdade não vão fazer a menor diferença na minha vida. Provavelmente nem na sua. Mas e daí, não é mesmo? A gente comenta pra não virar pária da sociedade, certo? Vamos a elas:

- O fim do White Stripes
http://www.telegraph.co.uk/culture/music/music-news/8300862/White-Stripes-announce-end-of-the-road.html
Nunca achei muita graça na banda. A bem da verdade, não consigo lembrar de nenhuma música. Fico até feliz que Jack White poderá, enfim, se dedicar à sua carreira de produtor, como fez brilhantemente com o disco novo da musa rockabilly Wanda Jackson.

- A morte de Maria Schneider
http://diversao.terra.com.br/gente/noticias/0,,OI4927648-EI13419,00-Morre+Maria+Schneider+estrela+de+Ultimo+Tango+em+Paris.html
Ok, tirando meia dúzia de cinéfilos TRUE, desafio o povo todo que mandou piadinhas com manteiga no twitter ou no facebook a, sem olhar no imdb, citar cinco filmes estrelados por La Schneider. A bem da verdade, posso apostar que 80% do povo que soltou gracejos envolvendo manteiga, margarina e afins só sabe que o nome da atriz de 'O último tango em Paris' por causa da música dos trapalhões. Na boa? Tura Satana, essa sim, vai deixar saudades.

- Tablet fabricado no Brasil poderia custar menos de R$1000
http://agenciabrasil.ebc.com.br/web/ebc-agencia-brasil/enviorss/-/journal_content/56/19523/3181893
Aham, Cláudia, senta lá. Você realmente ACHA que o governo vai reduzir os impostos para produtos de informática e software? Você acha que ele teria wi-fi e tela colorida para competir de igual para igual com ipads da vida? Você acha que... bem, o que você acha?


- Anderson Silva nocauteia Vitor Belfort
http://www.parana-online.com.br/editoria/esportes/news/509826/?noticia=ANDERSON+SILVA+EM+NOCAUTE+DE+CINEMA
Título autoexplicativo. E eu lá tenho cara de quem gosta de ver nego batendo ou nego apanhando?

- Quem tá sendo eliminado e quem tá voltando nessa edição do BBB mesmo?
http://bbb.globo.com/
Confesso que, depois do meu confinamento na casa mais vigiada do Brasil em 2007, me envolvi com o programa, assisti a outras edições (mais via sites e lista de discussão do que pela TV, verdade), mas este ano eu simplesmente acho que tenho mais o que fazer da vida do que ficar acompanhando um monte de playboy e um monte de gostosonas trancafiados numa casa, cozinhando e passando a tarde na piscina. O confinamento da vida real (não que eu me sinta presa, mas já vivemos numa sociedade de espetáculo, controle e vigilância) pode ser muito mais dramático do que ver o confinamento dos outros. E a minha vida é muito mais interessante, hein?

domingo, fevereiro 06, 2011

Work in progress

Fazer trabalhos manuais é divertido. Terapêutico. E às vezes até resulta em coisas legais!

work in progress
Lucha libre - bordadinho / Work in progress

E vocês? Fazem arte às vezes? Tem foto?

sábado, fevereiro 05, 2011

Burlesque com bambolês - oh! Isso é lindo!

Porque obviamente é impossível falar de trabalho e tecnologia e coisas sérias o tempo inteiro... e porque vocês precisam de um refresco: rapazes para babarem na performance da moça, moças para pegarem seus bambolês e tentarem fazer parecido.

Graaaaande Clara Cupcakes!



http://www.youtube.com/watch?v=9HBwMonriaQ

Bom fim de semana pra vocês!

terça-feira, fevereiro 01, 2011

A matemática das vendas de música digital

A matemática das vendas de música digital está toda errada!

Peguemos como exemplo o último álbum do Apples in Stereo, 'Travellers of space and time', à venda pelo site Coolnex.

Se uma faixa custa 1,99, 16 faixas custam...

...o preço de um CD na loja.

Mas você não está pagando prensagem, impressão de encarte, marketing (se teve, foi mal feito, porque descobri sozinha, não fui impactada por nenhuma peça deles além do banner que está no próprio site), marketing em ponto de venda...

...quanto é mesmo que o artista ganha por disco?

Aí, claro, a venda de música digital aumenta exponencialmente a cada ano, mas o download ilegal de música aumenta muito mais. Porque me parece óbvio que os preços praticados neste mercado são irreais.

* * *

Tá, nem tudo é tão absurdo assim nesse mercado.

O One RPM cobra quase metade do preço da faixa e repassa 70% do valor para os artistas, que continuam detentores dos seus direitos. Um preço justo pra não pesar tanto no bolso do consumidor e um repasse honesto para o artista. Tou quase pagando pela discografia completa dos Autoramas porque, né, quero que Gabriel, Flavinha e Bacalhau tenham aposentadorias dignas. Além do mais, 10 reais por um disco completo (sem encarte, sem mídia física, mas tudo bem, passo mais tempo no computador do que na sala) me parece um preço justo, você não acha?


longa vida aos Autoramas!

* * *

A gente sabe que a mentalidade do "tá na internet, pode ser conseguido de graça" já está mais do que instituída, mas que boa parte dos consumidores pagaria se soubesse que o autor da obra iria ganhar com isso. E, convenhamos, 70 centavos por faixa é muito mais do que ganharia no sistema tradicional de venda de disco (aliás, os defensores do ECAD nem comentam que só quem ganha são os 600 'top', né? O artista que toca pouco e, assim, ganha pouco, não leva nada mas contribui pra um dos 600 ganhar - e o cara pode tocar pouco, mas iguais a ele são centenas de milhares que, juntos, não recebem nada do ECAD e comemoram novos modelos de negócios que independem do repasse da entidade que só privilegia um pequeno número de autores).

Os caras da One RPM uniram uma política de preços justos à transparência sobre os valores repassados sobre o artista - sabendo que - e quanto - os autores vão receber, você não paga? Eu pago.

E recomendo que todas as empresas que comercializam arquivos digitais, como filmes, livros e quadrinhos (além de música) pensem que sem prensagem, pdv e afins os preços não podem ser equivalentes aos de um produto físico - lembrem que, a cada arquivo digital que custa tanto ou mais que o livro, a revista ou o filme, alguém sobe um disco inteiro no megaupload. Consumidor não é bobo e sabe quando está pagando mais do que devia... aí sabe o que acontece? Ele não paga, simples assim.

Vamos seguir o exemplo da One RPM?
Este site está em novo endereço: visite www.liaamancio.com.br para novidades e updates!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...