Este site está em novo endereço: visite www.liaamancio.com.br para novidades e updates!

segunda-feira, maio 04, 2009

Pra entender 'Fanboys' tem que ter Star Wars no coração

Depois de ouvir de várias fontes, todas infames, que hoje é o Star Wars Day ("May the 4th be with you" - AI! SOCORRO!), resolvi comemorar a coincidência publicando esse post que estava escrito desde ontem de manhã. Para ler ouvindo 'Spring 1999', do Hill Valleys. Você ainda tem a demo? Eu guardo a minha até hoje.

* * *
Chapada de antiinflamatório e relaxante muscular, resta à pessoa abrir mão da social de sábado em prol das pernas que tanto se sentem bem dançando e pedalando, que hoje estão inutilizadas. Então deitei e resolvi ver um filminho, sabendo que não passaria dos primeiros vinte minutos: já passava de meia noite, o ser humano estava quentinho enrolado no edredom de onça e a única luz acesa era a do monitor.

Quem me conhece bem (família e amigos muito, muito, muito chegados) sabe que essa é a CNTP para que a reação 'fechar pálpebras / dormir profundamente' ocorra com muita facilidade. Muita mesmo. É necessário que me cutuquem e perguntem de dez em dez minutos se estou acordada. Normalmente, não estou.

Mas 'Fanboys', mais uma dica da Poplist (aliás, agora reconsidero minha proposta de ter um HD de apenas 40gb pra fazer backups constantes - estou pensando seriamente em ampliar o espaço para arquivos, porque tá ficando difícil!), me deixou acordada do começo ao fim. É filme pra gente como eu, entendam.

Os personagens são os típicos garotões adultos que se recusam a crescer e ficam jogando videogame na garagem, trabalhando numa locadora/loja de quadrinhos e nerdices em geral. Um deles arrumou um emprego de camisa social, mas ainda tem Star Wars no coração. E um deles tem um câncer terminal.

O ano é 1998, e talvez Linus não esteja vivo até a data da pré-estréia do Episódio 1, então os garotões decidem pegar uma van e partir numa road trip até o Rancho Skywalker, determinados a ver o primeiro screening do filme.

Sente o trailer:



Como se diz 'vou morrer virgem' em Klingon?

As piadas, as milhares de referências a Star Wars por frame, as zoadas dicumforça a trekkies maletas ("Khaaaaaaaaaaan!!!)", tudo isso já seria suficiente pra me arrancar alguns risos nerDosos e me impedir de sentir o efeito da mistura de Tandrilax com Dorflex. Mas as cameo appearances ALTOS NERDS de Seth Rogen, Carrie Fisher, Danny Trejo (o meu, o seu, o nosso Machete!), Billy Dee Williams (pra quem não ligou o nome à pessoa, Lando Calrissian!), William Shatner, Kevin Smith e Jason Mewes, Ray Park (Darth Maul!) e mais uma penca de gente menos conhecida, mas não menos figurinha fácil em a) filmes do Kevin Smith ou b) a galera do Seth Rogen foram suficientes pra curtir ainda mais o filme.

(uma pena que o Harry Knowles não é o próprio, he he)

'Fanboys' não é pra qualquer um. Tem que entender, tem que ter ido às pré-estréias, tem que ter vergonha de admitir em público que a prequel só se redime do fiasco no episódio 3. Tem que ter visto as animações do Evan Mather muitos anos antes de existir Youtube no mundo:


Godzilla Versus Disco Lando

Tem que ter Star Wars no coração:

Carnaval no escritório

Nenhum comentário:

Este site está em novo endereço: visite www.liaamancio.com.br para novidades e updates!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...