Este site está em novo endereço: visite www.liaamancio.com.br para novidades e updates!

sábado, julho 24, 2010

Anima Mundi 2010 na sua casa!

Você que, por algum motivo, não pode ir ao Anima Mundi, festival de animação que acaba amanhã no Rio de Janeiro e começa esta semana em São Paulo, pode, graças aos milagres da tecnologia de compartilhamento de vídeo e à boa vontade de certos diretores ou de fãs mais ardorosos, curtir alguns dos filmes da programação do festival - claro que a gente adoraria que você fosse ao CCBB, fizesse as oficinas de massinha, interagisse com animadores e apaixonados por animação e ainda aproveitasse para ver a excelente exposição dos super-heróis do Ziraldo, mas veja bem: se não deu pra ir no Rio ou se não der pra ir em SP, você pode aproveitar parte do Anima Mundi no conforto do seu lar.

Essa, nem a Baunilha fez, hein? ;)

Vamos lá, segue a nossa seleção (minha e do lendário Cid Mesquita), só com o que a gente não conseguiu assistir na mostra (e olha que ele fez maratona ontem, hein?). Vamos lá:

- 'House Guest', do diretor Ben Mitchell, na mostra Terror, conta a história de um pato que, depois de morrer estoporado com um tiro de espingarda, volta para encher o saco de seu assassino. Muito bom, veja no Youtube.

- 'Runaway', de Cordell Barker, mostra passageiros de um trem desgovernado. Preste atenção na trilha sonora espetacular de Silvain Chomet - reconheceu aqueles timbres de algum lugar? Pois Chomet é responsável também pela trilha de 'Les triplettes de Belleville'. Vale assistir, nem que seja para bater o pezinho ao som da orquestra.

- 'Le noeud cravate' mostra como é tenso virar adulto e encarar a vida corporativa. A animação é linda, mistura técnicas de stop motion e desenho tradicional e pode ser vista aqui.

- Todo ano, é obrigatório assistir aos filmes do Bill Plympton ou da Aardman. Neste ano, não rolou Aardman, mas Plympton veio com o lindo 'Santa, the fascist years', que conta como Papai Noel virou um líder fascista disposto a impor um ano inteiro de Natal no planeta. Inacreditável. Veja logo.

- 'Something Left, Something Taken' é uma história sobre paranóia. Atenção, muita atenção aos cenários. Ótimo filme, vejam.

- Esse aqui é simplesmente genial, apesar de fazer parte da infame classificação 'filme experimental': Videogioco - Loop experiment são infindáveis dobraduras de papel com rascunhos em cima. Vale MUITO assistir.

- Diretamente do Cartoon Brew, o excelente 'The terrible thing of Alpha 9', sobre um monstro intergaláctico que só queria brincar.

- 'How to make a baby' é uma espécie de stop motion: fotografado durante nove meses, é uma aula de... bem, é fofo. Assistam, é curtinho.

- 'Elk Hair Caddis', "um filme sobre o dia perfeito", é um curtinha divertido sobre um urso, um sapo e seus girinos. E um peixe. A galera aqui em casa curtiu, e você? Assista!

- A lista de curtas animados disponíveis na internet é enorme. Vamos parar por aqui, senão você não ao cinema assistir aos filmes quando eles estiverem na sua cidade. Mas, antes de parar, fiquem com o curtíssimo e sensacional 'Dicotomia cerebral', um filme que dá uma explicação meio bizarra ao processo de tomada de decisões pelo cérebro humano.

sábado, julho 17, 2010

Síndrome de abstinência!

Tá ficando complicada essa história de aguardar a próxima temporada de Family Guy. Estamos entrando em abstinência. No desespero, assistir a alguns esquetes em loop pelo Youtube me parece um bom paliativo:




- Brian, don't!!




Peraí, leitor, tem mais!



É isso. Sabadinho friozinho merece uma rodada de Family Guy.

terça-feira, julho 06, 2010

Respeitem meus cabelos brancos!

Se você se acha gorda, está acima do peso que considera ideal e entra em dietas louquíssimas, logo alguém vai te convencer de que você é linda assim mesmo, que o que importa é estar saudável, vão te mandar mil matérias de revistas dizendo que dá até pra ser modelo plus-size e todo um movimento de roupas bonitas e que caem bem no corpo que você tem. Sim, você pode ser você mesma e ser feliz.

Se você é negra e passa a vida alisando o cabelo, pode um dia descobrir que existem salões feitos para você. Seu cabelo não precisa ser "ruim": pode ser bem tratado, bem penteado, bem cortado, e vão dizer "que lindo seu cabelo afro" e você pode ser você mesma e ser feliz.

Se você tem quadril largo, peito pequeno, barriguinha... pode lembrar daquelas campanhas daquele sabonete que mostram mulheres lindas, bem cuidadas, bem tratadas e bem resolvidas com seus corpos... lindas como elas realmente são.

Mas se você não produz melanina suficiente nos cabelos e eles são grisalhos, não tem ninguém pra dizer que seus cabelos prata são um luxo, a menos que você seja inteira um luxo. Seja porque sua idade avança, seja por causa da genética, prepare-se para esconder seus cabelos brancos debaixo de tintas e hennas mensais. Ainda que a mulherada pague caro para fazer mechas e reflexos nos cabelos e as suas sejam naturais, pago pra ver quem vai dizer que é lindo: no máximo, admitem a beleza da cor, mas com a condição de que seus cabelos estejam sempre bem cortados e bem tratados para evitar a imagem de 'desleixo'.

Eu sei bem disso. Tenho uma mecha branca no alto da testa como as das clássicas vampiras do cinema e dos quadrinhos. Tenho não fios brancos esparsos pela cabeça, mas cerca de 20% do cabelo, a ponto de afetar a percepção da cor das minhas madeixas (eram castanho-claro-acinzentadas, mas parecem bem mais claras). Aí vem:

- o cabeleireiro no salão, ao me ouvir perguntar como fazer para deixar o cabelo crescer grisalhão (note que, de três dedos até as pontas, ele está pintado), me recomenda fortemente a não fazê-lo. "Cabelo grisalho é feio", diz.

- O outro dá a maior força, sugere que eu passe um tonalizante grafite nas pontas para diminuir o amarelado da coloração anterior e diz "É muita coragem, hein?"

- a colega de trabalho de 45 anos de idade chama atenção: "Tá precisando pintar o cabelo, hein?"

Cristiana Arcangeli diz para só assumir os brancos depois dos 70 (!!!). Blogueirinhas tendenssa colam as fotos das mechas cinza da Kate Moss e dizem "nossa, é horrível, envelhece demais!" (ei, quantos anos você acha que a Kate Moss tem? Ela faz 40 daqui a 4 anos, tá?)

Eu tou tentando me aceitar como eu sou. Pintar o cabelo só por esporte, pra variar de vez em quando, e não para disfarçar algo que é natural meu. Se pode existir tanta diversidade corporal e capilar no mundo, por que a implicância e necessidade de disfarçar os cabelos brancos? E pra explicar que não é desleixo, mas que eu tou deixando porque eu quero? Como fica?

Em paralelo, tenho achado cada vez mais estranho (ei, se todo mundo pode fazer juízo de valor, por que eu não posso?) ver aquelas senhoras de cabelos pintados de preto ou cores escuras... quem elas querem enganar? Elas são grisalhas, ora pipocas! É o mesmo princípio do reboco de maquiagem para disfarçar imperfeições: ao invés de disfarçar, você realça o problema.

(já o vermelhão ou o tonalizante eu acho maneiro. Variar é sempre legal)

Aposto que vai me dar uma louca em muito breve e voltarei rapidamente aos vermelhos - mas é porque eu gosto de variar, não porque grisalhos sejam feios. De qualquer forma, creio que se eu quiser ver a cor natural dos meus cabelos por algum tempo, que seja AGORA que, aparentemente, grisalho é tendência:

http://gnt.globo.com/Estilo/Grisalho-precoce-vira-moda-entre-celebridades-e-grifes.shtml

http://www.bbc.co.uk/blogs/portuguese/bbc_tendencias/2010/02/grisalhas_na_moda.shtml

http://chic.ig.com.br/beleza/noticia/deixe-de-se-preocupar-com-os-cabelos-grisalhos-pois-os-fios-brancos-est-o-na-moda

E você? Me dá apoio?

sexta-feira, julho 02, 2010

Mantendo a forma para o apocalipse zumbi

Ok, estamos todos esperando o apocalipse zumbi - guias de sobrevivência povoam livrarias e internet, séries, filmes e literatura de ficção preparam a humanidade para a invasão iminente. Mas E QUANDO ROLAR? É bom você ter preparo físico, condicionamento, músculos fortalecidos e aprender a subir em muros e grade, hein?

Conheça o Zombie Fit. Mais sobre o programa incrivel de fitness que envolve cardio, levantamento de pesos e parkour, aqui.

* * *

Se tudo der errado, mantenha o ZEN.

Este site está em novo endereço: visite www.liaamancio.com.br para novidades e updates!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...